;

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

URUÇUCA: AGENTES DE ENDEMIAS RECLAMAM DAS PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE TRABALHO

Os Agentes de Combate às Endenias são profissionais que realizam um trabalho de prevenção e combate a doenças como Dengue, Malária, Chagas e outras, a depender da posição geográfica de cada município. O trabalho é feito visitando os domicílios e orientando as pessoas. Trabalham oito horas diárias e são enquadrados na lei 11.350 de 2006, a mesma que regimenta os Agentes Comunitários de Saúde.
Chegou até nossa equipe a informação de que em Uruçuca, os profissionais de Endemias estão tendo dificuldade para trabalhar. O fardamento, bolsa, butina, ferramentas estão danificados e defasados, o que dificulta o trabalho dos agentes. Todo equipamento usado ainda é da gestão do ex-prefeito Dilson Argolo. Com 10 meses de governo, o alcaide Moacyr Leite não vem dispensando a atenção necessária a esta categoria. Detalhe: Os Agentes de Endemias foram majoritariamente contra o então candidato a prefeito Moacyr, nas eleições de 2008. Será que o presidente da AMURC seria irresponsável ao ponto de avacalhar a saúde por questões políticas? Não se pode duvidar, afinal está tentando na justiça  desempregar 200 trabalhadores concursados e a sindicalista Divaritana, que é uma educadora há mais de 25 anos e atualmente é odiada pelo Imperador D. Moacyr. Como diz o poeta, "é preciso estar atento e forte."

2 comentários:

  1. Paulo chaves(Presidente da sub-sede Sindical de Uruçuca)16 de outubro de 2009 20:06

    Informamos aõ boca livre que em reunião na última quinta-feira com a secretaria de saúde,a secretária garantiu ão Sindicato dos ACS/ACE, que será enviado um documento ão governo do estado com um pedido do kit fardamento.A mesma também disse que de caráter emergêncial providênciará esses EPIs,até que se tenha respostas do governo do estado.

    ResponderExcluir
  2. è uma piada, os Agente de endemias sem materias básicos? cade o Prefeito! cade a camara de vereadores não estão atuando não............
    Colegas comunique ao Ministerio Publico URGENTE

    GRATO AGENTES DE ENDEMIAS DE ITABUNA

    ResponderExcluir